Blog Corpo Mais recentes

Os benefícios das bandagens no pós-operatório

30 de junho de 2020

Todo o trauma tecidual merece uma atenção especial. Com os pacientes de cirurgia plástica, isso se torna fundamental para um bom resultado!

A fisioterapia na reabilitação intra e pós-operatória é um exemplo de cuidado que tem muitos benefícios. Afinal, a técnica tem avançado muito nos últimos anos, incluindo bandagens aplicadas no intraoperatório, para que beneficiem tanto o paciente, quanto o cirurgião. Com tantas modernidades em tratamentos e novas técnicas de terapia manual, as consultas de fisioterapia pós-operatórias e atendimentos de drenagem linfática acabam reduzidos. Mobilização tecidual, maitland e mulligan são outros hábitos que podem auxiliar durante o período após a cirurgia, se executados.

As bandagens aplicadas no paciente logo após o término da cirurgia também podem ajudar, acelerando a recuperação e diminuindo a formação de edemas, equimoses (roxinhos), fibrose e seromas, além de auxiliarem no controle da dor. O objetivo da técnica é comprimir o espaço onde a gordura foi retirada, para que ele não fique “vazio” e ocasione possíveis inflamações. O alinhamento das fibras para uma cicatrização correta e com menor chance de excessos de tecido cicatricial são outros benefícios das bandagens, trazendo uma melhor recuperação.

Entenda o processo e saiba os benefícios:

Esse tipo de prática tem início dentro do bloco cirúrgico, logo após o término da operação, e continua no consultório. O tempo que o paciente fica com as bandagens vai de 7 a 10 dias e as fitas só podem ser retiradas pelo próprio fisioterapeuta. Após isso, inicia-se, então, a reabilitação pós-operatória, com terapia manual que inclui mobilizações para alinhar o tecido, tratando a fibrose e aderências.

O papel do fisioterapeuta, portanto, é fundamental durante a reabilitação pós-operatória, pois cabe a ele devolver ao paciente um tecido normal, com aparência e mobilidade natural. Esse resultado, se bem executado, ocorre em poucos atendimentos, com máxima de dois encontros na semana. Isso possibilita que o operado volte às suas atividades diárias e que o médico já possa avaliar o resultado em pouco tempo.
Por isso lembre-se: cirurgia plástica é com cirurgião plástico e reabilitação pós-operatória é com fisioterapeuta!

Bruna Guariglia Predebon
Fisioterapeuta Dermatofuncional
Especialista em Reabilitação Pós-operatória em Cirurgia Plástica
Crefito-5/RS 169908

Bruna Guariglia Predebon atua na Di Guariglia, nossa clínica parceira. Clique aqui e veja nossas promos com o estabelecimento.

Powered by Rock Convert